Concurso do INSS

Apesar de ser off-tropic total, resumi escrever algumas coisas sobre concursos do INSS (ou Previdência Social, se você preferir). Como sou servidor no meu horário comercial, aí vão algumas informações sobre o concurso, a prova e o trabalho.Previdência Social

O concurso

Houveram dois concursos para cargos adminstrativos no INSS nos últimos anos: um em 2003 e outro em 2004. O primeiro foi feito pelo Cespe/UnB e o segundo pela Cesgranrio.

Existe especulação de que haverá concurso novamente esse ano, mas não há nada de concreto, somente boato vindos principalmente de sites como a Folha Dirigida. Os cargos adminstrativos são divididos em dois: Técnico do Seguro Social (Ensino Médio) e Analista do Seguro Nacional (Superior).

A prova

No concurso de 2003, feito pelo Cespe, cada questão errada perdia uma questão correta. Assim, era possível que candidatos saíssem da prova devendo pontos. No concurso de 2004 não houve essa forma de pontuação e sim questões com pesos diferentes. Recomendo o download das provas de Técnico e Analista e colocar nos favoritos a página do Concurso de 2004 da Cesgranrio. A prova possui questões de Português, Matemática, Informática e Legislação Previdenciária. Não é nada de outro mundo e nem tão difícil quanto os vestibulares da Unicamp e USP.

O trabalho

Alguém que ocupa cargo semelhante de Técnico na Receita Federal ganha quase o dobro do que um Técnico no INSS, acredite. Na esfera federal, os funcionários da Previdência Social têm os menores salários, além de sofrerem ameaças, quando não morrem. Existe um déficit muito grande de servidores, causado pela falta de concursos na década de 90, e isso é uma das principais causas pelo atraso em alguns casos no atendimento.
A carreira pública atrai muita gente, principalmente pela estabilidade. Quem pensa em trabalhar na maior seguradora do mundo deve levar tudo isso em consideração e entender o contexto em que o INSS está inserido. Por curiosidade, sugiro a leitura desse estudo do IPEA, que mostra como é a concessão de benefícios previdenciários em 20 países.

 

Leonardo

Registros de Leonardo Faria sobre desenvolvimento web