rubyonrails

RubyMine: Textmate-killer?

Essa semana apareceu uma nova IDE para Ruby: a RubyMine, que se auto-denomina com a mais inteligente IDE para Ruby. O software é multiplataforma e parece ser bem interessante. Notei algumas coisinhas numa primeira-impressão:

  1. há templates para testes (RSpec e TestUnit)
    2) integração com o Mac OS: o look’n feel não combina muito (= feia) com o sistema e ele está mais para NetBeans e Eclipse do que para um Textmate. Nada de maçã + w para fechar um arquivo nem maçã + n para um novo arquivo. A velocidade dele também está mais para NetBeans/Eclipse do que para um Textmate
  2. inspetor: ele possui um inspetor interessante: para CSS, por exemplo, ele verifica suas folhas de estilo e informa por imagens quebradas, seletores não usados e código desnecessário (como escrever ‘0px’, onde somente ‘0’ já resolve). Para Ruby, ele verifica, entre vários itens, referências não resolvidas e erros em chamadas de métodos (apesar de que, no meu projeto, o que ele inspencionou estava certo)
  3. parece ter uma integração interessante com controle de versão (Git, Subversion e CVS)
  4. ele também tem um Go to File, como no Textmate
  5. ele tem uma janela amigável para rodar scripts (como o RadRails)

Essa próxima semana vou utilizá-lo e ver se ele pode ser um Textmate-killer ou uma boa alternativa para Windows e Linux.

Avatar photo If you like my content, follow me on Twitter and GitHub TwitterTweet

Comments

comments powered by Disqus