mytop, para monitorar seu MySQL

O mytop é um clone do comando top para o MySQL. Ele é usado para monitorar a performance do seu banco, sem precisar de softwares caros, complexos ou pesados. Ele é escrito em Perl e abaixo está um mini-roteiro de como instalá-lo – no meu caso, Mac OS Mountain Lion.



Antes de compilar o mytop é necessário instalar o pré-requisito DBD-Mysql. No terminal, digite:

perl -MCPAN -e 'shell'

Em seguida, execute:

get DBD::mysql
exit

Ao sair do prompt do cpan, digite:

cd ~/.cpan/build/DBD-mysql-<version>/
perl Makefile.PL--testuser='mysql_user_name' --testpassword='mysql_passwd'
make
make test
make install

Faça o download do pacote porque já é hora de compilá-lo:

tar -zxvf mytop-<version>.tar.gz
cd mytop-<version>
perl Makefile.PL
make
make test
make install

Execute o mytop pela primeira vez:

mytop

Pode acontecer o seguinte erro:

Error in option spec: "long|!"

Caso esse erro aconteça, é necessário editarmos o mytop. Abra o arquivo – aqui instalado em /usr/local/bin e edite a linha 159:

"long|long_nums|l!" => \$config{long_nums},

Além disso, substitua as linhas 958 e 959 pelas linhas seguintes:

if ($host)
	{
		$host =~ s/^([^.]+).*/$1/;
		$thread->{Host} = $host;
	}

Usando o mytop

Você pode monitorar seu banco passando as configurações de conexão via shell:

mytop -u 'seuusuario' -p 'suasenha' -h 127.0.0.1 -d 'seubanco'

…ou pode criar um arquivo .mytop em sua pasta de usuários, como o abaixo:

user=seuusuario
pass=suasenha
host=127.0.0.1
db=seubanco
 

Rails e cia no Snow Leopard

Fiz uma instalação nova do Snow Leopard no meu MacBook e ao migrar os dados do Time Machine, do Leopard, algumas coisas pararam de funcionar. Resolvi então escrever para complementar meu post anterior sobre o assunto.

Xcode

ANTES DE MAIS NADA, instalei o Xcode. Ele está junto no DVD do Snow Leopard, na pasta de Instalações Opcionais.

Rails

O Snow Leopard já vem com duas versões do Rails já instaladas: 2.2.2 e 1.13.6. Caso queira atualizar seu ambiente:
Read more

 

Alternativas ao PHPMyAdmin

O PHPMyAdmin é quase uma unanimidade em gerenciadores de banco de dados MySQL. Mas existe vida além dele. Vamos lá:

SQL Buddy

O SQL Buddy é uma alternativa bacana, com bonita interface e traduzido para vários idiomas, incluindo português.

sqlbuddy

Adminer

Já o Adminer é um app em php feito em 1(!) único arquivo. Possui diversas traduções (nenhuma ainda em português) mas é altamente indicado o mantermos em nossos servidores para uma rápida manutenção.

adminer

 

Descubra de onde vem seus usuários com SQL

Tenho no autosimulado algumas queries para acompanhar a evolução dos usuários do site. Periodicamente, vejo o número de usuários criados dia-a-dia no site e o número de testes realizados por esses usuários.

Relacionado as essas queries, vi uma interessante consulta para agrupar o número de usuários por domínio de email, através da função substring. Confira:

O resultado, quando aplicado ao banco de dados do autosimulado:

+-------+----------------+
| Total | Domain         |
+-------+----------------+
|   644 | hotmail.com    | 
|   116 | gmail.com      | 
|    98 | yahoo.com.br   | 
|    37 | bol.com.br     | 
|    33 | ig.com.br      | 
|    15 | uol.com.br     | 
|    11 | oi.com.br      | 
|    10 | yahoo.com      | 
|     9 | hotmail.com.br | 
|     8 | terra.com.br   | 
+-------+----------------+
10 rows in set (0.00 sec)
 

Edge Rails no Windows Vista

Uma das mudanças do Rails 2.2 é não inclusão do bundle do MySQL, responsável por conectar seu projeto ao banco. Mês passado eu postei sobre isso e hoje, ao tentar instalar o gem do MySQL no Windows Vista de um co-worker, me deparei com um problema na DLL libmySQL.dll.

A solução encontrada foi copiar esse arquivo (geralmente em C:\Program Files\MySQL\MySQL Server 4.1\bin\) para a pasta bin do Ruby (por exemplo: C:\ruby\bin).

Que fique documentado ;)

 

Rails, Git, MySQL e mod_rails no Leopard

Comprou um Mac? Não sabe por onde começar? Esse é um mega-post mostrando como configurar Ruby on Rails, Git, MySQL e mod_rails no Leopard. É tudo muito-fácil!

Ruby on Rails

O Leopard já vem com Ruby e Rails já instalados. Então, a única sugestão é a de atualizar todos os gems. O comando gem list deve apontar os gems instalados. Por padrão, são:

Read more

 

UML e MySQL no Mac

Quem não usa Mac às vezes pode pensar que soluções em desenvolvimento são escassas. Mas não são. Hoje vou apresentar duas ferramentas de modelagem de dados para Mac OS e o CocoaMySQL, para manipulação do MySQL.

O CanonSketch é um software desenvolvido na Universidade de Madeira, em Portugal. É uma ferramenta interessante para modelagem UML 2.0, muito utilizado em times de desenvolvimento.

Outro software de modelagem que utilizo aqui é o OmniGraffle Pro. Além de diagramas de UML, o software pode criar vários outros tipos de diagrama. A desvantagem frente ao CanonSketch é que OmniGraffle é pago.

Para manipular bancos de dados em MySQL, a pedida é o CocoaMySQL. Ele possui a mesma interface ‘bonitinha’ dos softwares escritos em Cocoa e é bastante eficaz em tarefaz corriqueiras com a linguagem.

P.S.: o iUseThis é mais um site social em Rails, que lista os aplicativos que o pessoal usa. Eu tenho um perfil lá com todos apetrechos.

P.S.2.: estou a muito tempo sem postar, mas vou voltar às antigas. (Esse post está sendo escrito da sala da facu)