O desafio de crescer

Nos últimos anos, venho programando e criando sites para meia dúzia de pessoas com diferentes perfis: umas com dinheiro, outras sem; umas que precisam de um site como parte estratégica de um modelo de negócio, outras que possuem sites só porque todo mundo tem. Independentemente desses trabalhos, venho registrando meus desvaneios sobre web nesse blog e ultimamente, concentro minha imaginação e pensamentos no autosimulado.

Desde que tive a ideia de fazer o autosimulado, surgiram inúmeras possibilidades de ganhar dinheiro com o serviço. É muito complicado transformar código em dinheiro, principalmente quando não quero páginas lotadas de banners. Evoluir o modelo de negócio do aplicativo envolvendo autoescolas e/ou outras empresas é algo também muito difícil, principalmente quando se vive o desafio de morar isoladamente no interior do Brasil e não ter dinheiro para investir em algo mais elaborado. Afinal, o período da bolha .com já passou e ganhar dinheiro com Adsense e afins não é tão fácil como se parece (talvez eu precisasse de uma consultoria de um pró-blogger).

Em contra partida, é muito prazeroso ver a Internet com a função de modificador social: tenho um aplicativo gratuito que beneficia centenas de pessoas para tirar carteira de habilitação. Ver sua ideia em execução e com feedback positivo é algo extremamente gratificante. É esse movimento, de ver as coisas de um outro modo de vista, de querer deixar uma marquinha no universo, é que me faz cada vez mais aperfeiçoar e a pensar como tornar as coisas melhores.

Estou tentando descobrir o que é ser empreendedor digital e sei que a resposta não está no Google. Esse conhecimento não-linear não está em nenhuma lista de discussão e às vezes penso que devo passar por alguma ‘caminhada espiritual’ para descobrir o que é isso.

Resolvi escrever esse texto apenas para registrar que hoje, 25 de maio, ainda procuro uma resposta.

 

Leonardo

Registros de Leonardo Faria sobre desenvolvimento web